6 dicas para escovar os dentes corretamente

Dentes perfeitos: especialistas dão 9 dicas para cuidar do sorriso
abril 11, 2018

6 dicas para escovar os dentes corretamente

Não adianta “fazer de conta” ou “cumprir tabela”, escovar os dentes é uma tarefa que exige cuidados, onde pequenos detalhes fazem toda a diferença. Aqui vão algumas dicas para uma escovação correta, apontando os erros mais comuns relacionados à escovação e dicas fáceis e preciosas para um sorriso lindo e saudável. Confira:

1 – A hora certa – Escovar os dentes deve ser um hábito realizado sempre após a ingestão de alimentos. Ok, isso nem sempre é possível… Sem problemas! Mas escovar os dentes antes de dormir e logo ao acordar é extremamente importante. E não adianta fazer um lanchinho depois da escovação da noite, o trabalho todo foi por água abaixo. Durante o sono a produção de saliva desacelera, favorecendo o aparecimento de cáries, por isso é tão importante a escovação antes de dormir e logo pela manhã.

2 – A escolha da escova – A escolha da escova de dente é tão importante quanto a quantidade de vezes que se escova. Invista em uma escova macia, que deslize facilmente entre os dentes e a gengiva. Se você utilizar uma escova de dente dura, e colocar muita pressão ao escovar, isso pode causar problemas na gengiva e expor a superfície de suas raízes.

3 – O enxague – O enxaguante bucal ajuda a eliminar todas os resíduos que foram liberados durante a escovação. Escolha um enxaguante bucal sem álcool e que contenha peróxido de hidrogênio. Se você não tem enxaguante bucal, uma lavagem com água é melhor do que nada.

4 – A escovação – O negócio é jeito e não força. Lembre-se disso! Não adianta escovar com força e rápido que a sujeira só vai se espalhar e não vai alcançar todo o dente. Faça movimentos circulares e sem muita pressão. Não se esqueça de escovar atrás dos dentes, para isso, mova a escova verticalmente para melhor atingir todo o dente. Certifique-se de dar atenção especial à parte traseira da sua boca, uma vez que normalmente é lá que se esconde a maior quantidade de placa.

5 – Troque a “ferramenta” – A escova de dente é sua principal ferramenta na escovação, por isso ela deve ser substituída a cada 3 ou 4 meses. Além das cerdas estarem gastas e não conseguirem efetivamente cumprir a remoção das placas, neste período, a escova pode conter até 10 milhões de bactérias. E se você esteve doente, troque sua escova imediatamente para evitar uma reinfecção.

6 – Não esqueça do “resto” – Além de escovar os dentes, o cuidado deve ser estendido à sua língua, já que ela também retém bactérias nocivas. Resíduos podem facilmente ficar presos nas papilas, presentes na superfície da língua. Portanto, não deixe de escovar a sua língua diariamente.

 

Fonte: Sorridere

Fotos: Pixabay

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *